As drogas constituem-se uma grande preocupação para muitas famílias à medida que os filhos crescem e vão ganhando o mundo. Mesmo buscando orientá-los quanto aos valores e as ideias corretas para se manterem distantes do universo triste e destruidor que é o vício, cabe à escola também orientar, promovendo estudos e debates com o objetivo de conscientizá-los sobre os perigos que se encontram nos caminhos das drogas. Ao trabalhar a Filosofia aliada aos Valores Humanos, procuramos proporcionar aos nossos alunos um ambiente de aprendizagem em que possam investigar, questionar, debater e tornarem-se conscientes e críticos diante dos desafios que possam enfrentar. Uma das atividades realizadas com os alunos do 9º ano foi ler o livro “Liberdade é poder decidir: uso de drogas” (Maria de Lurdes Zemel/ Maria Eliza de Lamboy). O livro traz muitas informações de forma bem didática, de fácil compreensão e gerou muitos debates em sala de aula que resolvemos compartilhar com as turmas do 6º ao 8º ano no dia 28/11. Os alunos dividiram-se em grupos e prepararam o seminário com um rico material ilustrativo em slides e vídeos e desenvolveram a atividade que foi apresentada aos colegas das outras turmas, gerando muito interesse e questionamentos. Foi um momento valiosíssimo em que os próprios alunos do 9º ano assumiram o papel daquele que ensina e nesse sentido, o professor assume o papel do mediador, possibilitando aos alunos pensar, criticar, gerar dúvidas para a construção do conhecimento.

Profa. Sirlene de Castro Oliveira Diretora Pedagógica (6º ao 9º ano)